Juan de Paula Santos Siqueira   Instrução na fé! Esse seria o nome que substitui o termo catequese. Marcadamente influenciada pelo fundamentalismo, parte da tradição batista rejeita a catequese por achar que tal prática vem do romanismo. Na verdade, a máxima fundamentalista: “só a Bíblia, nenhum credo” está por detrás desta rejeição.   Em detrimento disto, a tradição batista de persuasão reformada, junto com outras tradições da reforma, crê que a confessionalidade da igreja é salutar.   A Igreja Batista tem uma rica história confessional:   “A. As mais proeminentes confissões de fé, formadas antes do Ato de Tolerância de 1689, são: A Confissão de John Smyth, escrita provavelmente em 1609. A Confissão de Thomas Helwys, escrita provavelmente em 1611. A primeira “Confissão de Fé” dos Batistas Particulares, conhecida como a “Primeira Confissão de Londres”, escrita em 1644 por sete igrejas com o propósito de se distinguirem dos Anabatistas e Batistas Gerais. A primeira “Confissão de Fé dos Batistas Gerais” publicada em 1651 ...

Continue...